Av. Contorno, 4747/613 - Life Center - Belo Horizonte/MG
+55 (31) 3286-0836

Especialidades

Glaucoma

O glaucoma é uma doença silenciosa e uma das mais importantes causas da cegueira no mundo. Seu aparecimento ocorre geralmente em pessoas mais idosas, em geral acima dos 50 anos de idade.

A boa noticia é que a perda de visão provocada pelo glaucoma é evitável se o diagnóstico e tratamento são realizados ainda no início do seu desenvolvimento.

O que é Glaucoma?

O nervo óptico é formado por uma grande quantidade de fibras nervosas e carrega as informações visuais recebidas pelo olho até o cérebro.

O glaucoma pode danificar permanentemente estas fibras, fazendo com que apareçam pontos cegos na visão. Se não for tratado, causa uma diminuição progressiva do campo visual que pode, no último estagio da doença, evoluir para cegueira.

A pressão intra-ocular elevada é o fator de risco mais importante para o desenvolvimento do glaucoma, mas nem sempre esta doença está associada ao aumento da pressão ocular. Da mesma maneira, nem sempre uma pressão ocular elevada leva ao dano no nervo óptico.

A pronta detecção e tratamento precoce pelo oftalmologista são as chaves da prevenção de lesões ao nervo óptico e cegueira por causa do glaucoma.


Quais são os fatores de risco de desenvolvimento de glaucoma?

Idade;
Histórico familiar de glaucoma;
Raça negra;
Miopia;
Diabetes, enxaqueca, distúrbios do sono e doenças cardiovasculares;
Lesões ou cirurgias oculares prévias.

Quais são os diferentes tipos de Glaucoma?

Glaucoma crônico de ângulo aberto

Trata-se da forma mais comum do glaucoma. Esta relacionado com a idade e fatores genéticos. Ocorre por uma dificuldade de drenagem do humor aquoso - líquido produzido pelo olho- o que leva ao aumento da pressão intra-ocular. Este aumento de pressão resulta em lesão ao nervo óptico.

O glaucoma crônico de ângulo aberto é indolor e leva à diminuição da visão de maneira gradual e lenta, desta forma o paciente pode não perceber qualquer problema antes de apresentar uma perda importante da visão. Nesse estágio mais avançado do glaucoma, o paciente começa a tropeçar e esbarrar em objetos, porque a percepção da visão periférica esta prejudicada.

A perda visual causada pelo glaucoma é irreversível, mas pode ser prevenida ou estabilizada pelo tratamento.

Glaucoma de ângulo fechado

Ocorre quando o local de drenagem do humor aquoso, o ângulo camerular, fica completamente ocluído.

Há um grande aumento da pressão intra-ocular, que ocorre de maneira súbita.

Quais são os sintomas do glaucoma?

Visão embaçada;

Dor severa no olho;

Dor de cabeça;

Arco-íris ao redor das luzes;

Náusea e vômitos.

O glaucoma agudo de ângulo fechado é uma urgência médica e deve ser tratado rapidamente.

Como se detecta o glaucoma?

O exame oftalmológico realizado de forma regular, é a melhor maneira de detectar as alterações do glaucoma. Em caso de suspeita ou diagnóstico da doença, alguns exames complementares devem ser solicitados.

Como é o tratamento do glaucoma?

O tratamento, na maioria das vezes, é realizado com uso de colírios.

Tratamentos a laser como trabeculoplastia, iridoplastia ou iridotomia podem ser indicados em alguns casos.

A cirurgia anti-glaucomatosa geralmente é realizada naqueles pacientes que não alcançam uma pressão intraocular desejável com uso de medicamentos.